Seja bem-vindo. Hoje é

Empreendedorismo transforma vidas no Complexo do Alemão

Abertura de pequenos negócios contribui para o desenvolvimento de cidadania em comunidade carioca

DA Agência Sebrae de Notícias
Andre Telles/ASN
Clarice Eugênia da Silva foi a primeira moradora do Complexo do Alemão a ser formalizada, em dezembro de 2010, durante o evento Empresa Bacana, parceria da prefeitura com o Sebrae no Rio de Janeiro. Como sacoleira, vendia suas mercadorias de porta em porta, mas agora está prestes a abrir sua primeira loja.

Entusiasmada, Clarice planeja espaços para exposição de mercadorias e discute com o vidraceiro o tamanho das prateleiras. “Antes só ia à casa de conhecidos. Na loja, todo mundo vai poder entrar e venderei com cartão”, conta. Depois da inauguração da loja, ela pretende investir na qualificação. “Conheço os cursos do Sebrae. Estou muito interessada porque quero entender tudo da minha empresa. Antes, não tinha a ideia de como crescer. Agora estabeleço metas e vou cumpri-las”, afirma.

Diferenciação

Ganhar espaço no mercado sempre foi uma preocupação de Isaías dos Santos Ferreira. Com um serviço de carro de som, aprendeu por experiência que cada evento exige cuidado específico. “Em passeatas e atos públicos, o som tem que ser mais alto. Já em festas e procissões, mais direcionado”, explica. Baseado nessa percepção, ele desenvolveu um sistema simples, mas engenhoso. A plataforma montada na carroceria do carro permite que as caixas possam ser remanejadas, um diferencial em relação ao som sempre igual de quem trabalha com caixas fixas.

A formalização foi outro passo acertado. “Tenho um estúdio aqui no complexo, onde faço gravação de jingles, vinhetas e trilhas para festas. Ficava frustrado porque perdia clientes por não ter nota fiscal. Agora meu faturamento cresceu entre 20% e 30%”, admite. Empresários e amigos, Isaías e o editor André Luis Ramos, do jornal Plantador Fiel, decidiram criar um banco de empreendedores. A ideia, já posta em prática, é cadastrar quem faz o que, conferir visibilidade aos produtos e serviços e criar um blog para abrir um canal de comunicação mais rápido e integrado. 

Fonte: http://revistapegn.globo.com

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Compartilhe

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites